59ª Reunião Anual da SBPC




A. Ciências Exatas e da Terra - 6. Geociências - 6. Geoquímica

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AQUIFERO LIVRE DO BAIRRO MUTIRÃO NO MUNICIPIO DE ALTAMIRA-PA



TAIHANNE OLIVEIRA DE OLIVEIRA2
JANEISI DE LIMA MEIRA1
LAIR DA SILVA FREITAS FILHO2
ORISVALDO BARBOSA COSTA2

1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
2. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ


INTRODUÇÃO:

A água se constitui como um componente essencial do meio natural, fundamental a vida humana, hoje se configura como um recurso natural cada vez mais escasso. Diante disso as águas subterrâneas atualmente despontam como relevante manancial visando ao abastecimento, atendendo, freqüentemente, tanto aos quesitos de quantidade bem como aos padrões de potabilidades, demandando, contudo, cuidados técnicos no que se refere ao processo de explotação. Considerando que no município de Altamira-Pa, há uma demanda considerável deste recurso hídrico, e em especial na comunidade do Bairro Mutirão, na qual aproximadamente 80 % da população residente deste bairro, utiliza poços rasos como fonte de abastecimento de água em seus domicílios, sendo que a maioria destes poços está localizado perto de fossas sépticas e negras e que são na sua maioria construídas sem nenhuma especificação técnica adequada, o que torna na prática grande e graves ricos à saúde desta comunidade. Diante desse problema ambiental foi desenvolvido uma pesquisa com intuito de avaliar o índice de contaminação do aqüífero livre do bairro mutirão no município de Altamira-Pa.



METODOLOGIA:

A pesquisa esteve dividida em duas etapas, a primeira etapa compreendeu a realização do cadastramento de todos os poços utilizados para o consumo doméstico, por meio de formulários juntamente com sua devida localização através de GPS, o qual subsidiou a elaboração de mapas cadastrais georeferenciados.

 A segunda etapa compreendeu a realização de duas campanhas de amostragem de água, na qual foram feitas medidas in loco do nível estático do lençol freático e coleta de material para analise laboratorial nos poços de monitoramento. As analises foram realizadas no laboratório de água da Prefeitura Municipal de Altamira nos parâmetros de Coliformes Fecais e Totais, o qual possibilitou avaliar o índice de contaminação do lençol freático bem como a confecção dos mapas de fluxo preferencial e zonas de contaminação georeferenciados em 2D e 3D deste recurso hídrico, utilizando  o software SURFER 8.0.



RESULTADOS:

A pesquisa detectou que 1.210 de um total de 1590 domicílios, utilizam o aqüífero livre através de poços rasos como fonte do abastecimento de água, estes poços apresentam uma profundidade media de 25 m na parte mais alta e 10 m na parte mais baixa e estão localizados, na grande maioria, próximos a fossas sépticas e negras. A topografia do bairro apresenta cotas mais alta da ordem de 45 a 50 m no lado norte, ao passo que ao sul, leste e sudeste dominam cotas mais baixa de 3 a 5 m. O relevo natural do terreno apresenta uma declividade média de 5% com caimento no sentido NS, NE e NSE, o mesmo aconteceu com o mapa de fluxo preferencial do aqüífero livre que teve caimento para os mesmo sentidos, acompanhando assim a declividade do terreno natural. Este fato teve uma relação com o mapa de isolinhas da  taxa de concentração de Coliformes Fecais e Totais, que mostrou que  nas cotas (zonas) mais baixas do terreno apresentou uma alta concentração destes parâmetros.



CONCLUSÕES:

A analise integrada dos dados nos mostrou que 76,1% dos domicílios que utilizam o aqüífero livre como manancial para o abastecimento doméstico, desses 78%, apresentam contaminação bacteriológica, devido à presença de Coliformes Fecais e Totais. Sendo que nas cotas mais baixas do bairro (NS, NE e NSE) apresentam alto índice de concentração de Coliformes Fecais e Totais, isso se deve ao fato do fluxo do lençol freático se deslocar para estas cotas.





Palavras-chave:  Contaminação, Água Subterrânea, Coliformes Fecais e Totais

E-mail para contato: taihanne@hotmail.com